o violão (dela)

IMG_0622

Eu acho (e até apostaria) que nesse violão, você não põem a mão.

Delicado que só tocando, sabe ir do som mais calmo, ao mais angustiante.

Não é muito simples, parece ser mais complicado que os outros e até mesmo que entende deles, diria que esse, é inconsequente (se é que é possível).

Quem ter ele como seu companheiro, terá nas mãos, um mundo inteiro.

Todos admirando e ninguém passando, sem desviar um olhar.

Ele é delicado e não pega os tempos das músicas (violões não são meu forte, mas esse…), ele tem o seu próprio tempo, se a música quiser ser tocada, que dê seu jeito.

Eu diria que esse violão, é só sedução. Sabe se acomodar, se libertar, mas quando precisar, vai se guardar.

Quando menos esperar aquela corda pode estourar, e aí, um mal foi feito.

Pode ter caído, pode ter sido um peso sobre ela, ou o puxar na afinação, mas o que não se nega, é que ali, pode não mais haver um coração.

Esse é ela, ou melhor: ela é um violão, com curvas que jogam qualquer um no chão, e assim como um violão, deixar as cordas soltas deixam ela desnorteada, porém com as cordas muito apertadas, sufocadas, em um minuto o bom som, pode virar uma boa discussão….

Essa é ela, essa é (Foto:) Natane (@natanearj)❤….

 

Leave A Response

* Denotes Required Field